quinta-feira, 31 de maio de 2012

Marx


Para Marx, o primeiro passo para estudar uma sociedade concentra-se nos indivíduos e as condições materiais que possuem para existir. Marx criou uma ferramenta, chamada materialismo histórico, para auxiliar esse estudo. Nela são analisados aspectos como a maneira que o homem estabelece suas relações, as relações materiais estabelecidas por eles e a forma que sua sobrevivência é produzida. Marx percebe que em uma sociedade capitalista o status de um indivíduo depende do que ele produz.

Segundo Marx, as forças produtivas são os meios materiais para a produção de um produto. Por exemplo, o homem quando transforma algo da natureza em um determinado produto final. Já a relação social de produção é a forma como o trabalho é organizado em uma sociedade. Esses fatores estabelecem a produção social de bens, que define a forma estrutural de uma sociedade. Na história da humanidade existem diversos modos de produção, sendo que na maioria houve o auge e o declínio. Por eles, podemos explicar tradições históricas, ideologias, valores e outros aspectos. E são as contradições existentes em um modo de produção que propiciam o surgimento de outro.

No livro “O Capital”, Marx analisa a sociedade capitalista. Segundo Marx, a forma de riqueza, e consecutivamente o valor, nessa sociedade, é a mercadoria. Para ele, o valor da mercadoria corresponde ao tempo gasto para fazê-la. O valor excedente que não retorna ao operário, mas é incorporado pelo capitalista, o lucro, origina a ideia de mais-valia. O desconhecimento sobre esse excedente gera a alienação. Com isso, Marx conclui que a sociedade capitalista gera a alienação, uma vez que o trabalhador perde o controle dos meios de produção.

Marx observa que as grandes diferenças e contradições entre a burguesia e o proletariado são a chave para que haja uma luta entre classes. A ditadura do proletariado seria o início da formação de uma sociedade de classes igualitárias, que em sua plena formação seria denominada como comunista.


Nenhum comentário:

Postar um comentário