segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Análise de algumas esculturas



Imagem Disponível em:  http://colegiosantosanjos.pbworks.com/w/page/64805816/Lygia%20Clark

A autora desta obra é Lygia Clark. Nascida em Belo Horizonte, ela foi uma importante escultora do século XX no Brasil. Utilizou, principalmente, materiais metálicos na construção das obras dela.  As esculturas da autora podem ser compreendidas, no geral, como a transformação de materiais não maleáveis em maleáveis. A escolha da artista ocorreu por ela representar a “maleabilidade”, ou seja, o equilíbrio entre extremos.  A técnica utilizada foi a agregação.



Imagem disponível em : http://vejasp.abril.com.br/atracao/ron-mueck/

A obra acima foi realizada por Ron Mueck. O escultor já trabalhou em peças voltadas para o cinema, como no filme “Labyrinth” (1986), e utiliza as experiências adquiridas para a realização das produções artísticas dele. Maximiza as expressões humanas. Consecutivamente, podem ser perceptíveis a maximização das manifestações dos sentimentos humanos nas obras de Mueck. O motivo da escolha da obra é que ela representa a exteriorização máxima do âmago humano. A técnica utilizada foi a modelagem.

 Imagem disponível em: http://ffw.com.br/noticias/moda/o-que-esta-por-tras-das-esferas-magicas-de-yayoi-kusama/galeria/8/

Esta escultura foi feita por Yayoi Kusama. A autora é japonesa e, devido a alguns transtornos pelos quais ela passa, é obcecada por “bolinhas”. Na maioria das obras dela, há a presença dessas formas.  A referida obra foi escolhida por representar o ponto de fuga das angústias e transtornos da escultora através da arte “vívida”.  A técnica utilizada foi a montagem.


 Imagem disponível em: http://www.moma.org/learn/moma_learning/marcel-duchamp-bicycle-wheel-new-york-1951-third-version-after-lost-original-of-1913

A obra é intitulada como  “Bicycle Wheel” (1951) , de Marcel Duchamp. A escultura é feita pela junção de um pequeno banco e uma roda de bicicleta. O autor reflete, nas obras dele, muito bem o conceito de arte e consumismo. O século XX foi marcado pela discussão artística a respeito dos limites entre a arte propriamente dita e a arte comercial. Essa obra foi selecionada por demonstrar a questão sobre a função da arte. A técnica utilizada foi a agregação.

Imagem disponível em: http://www.theguardian.com/artanddesign/2009/may/17/henry-moore-sculpture-theft-reclining-figure


Henry Moore é um escultor que tem como característica primária é a mistura entre a representação figurativa e a abstração.  A obra foi escolhida por representar o intermédio entre figuração e abstração. Assim, demonstra um intermédio na representação de formas.  A técnica utilizada foi o desbaste. 

2 comentários:

  1. Gostei das informações acerca dos autores dessas belas obras de arte. Conhecia apenas o trabalho de Ron Mueck pois fui ver sua exposição no MAM, e a obra de Marcel Duchamp tive contato quando estudei sobre Dadaísmo, mas confesso ser uma insipiente em Arte. amei essa matéria. parabéns e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em janeiro, terei a possibilidade (e o prazer) de conhecer um pouco da obra da Yayoi Kusama. Há escultura dela fixa no Instituto Inhotim em Brumadunho-MG. :)

      Excluir